Cariocas são bacanas… Veganismo no Rio.

Sabe aquela história de que a grama do vizinho é sempre mais verde que a sua? Isso é muito comum acontecer em viagens, pois volta e meia quando visitamos um lugar os moradores acabam se surpreendendo com algumas opções e locais que encontramos. E depois de quase um ano de blog e pedidos, percebemos que estávamos caindo nessa história, pois até hoje não tínhamos um post do Rio de Janeiro. Então, começamos a relembrar os lugares que já visitamos na nossa cidade e os que seriam legais para indicar a vocês. Estamos passando aqui o nosso olhar sobre o Rio, e assim o vendo com mais atenção também.

O Rio de Janeiro é uma grande cidade dividida em regiões. O Centro é histórico, o Rio Antigo. A zona sul é a mais rica e turística, onde os visitantes costumam se hospedar e passar a maior parte do tempo pelas praias e bares da região, sendo levados pela Bossa Nova. A zona norte é o característico subúrbio, inspirando o samba. E ao som do funk carioca, chegamos a zona oeste, a área rural da cidade. Essa última é onde moramos, e fica há uma hora  (sem trânsito) do centro e zona sul, e onde atua a União Libertária Animal (ULA). Portanto, daremos atenção especial a essa região, e dividiremos as informações sobre o Rio em dois posts, sendo o último, exclusivo da zona oeste.

Começamos este com as regiões turísticas. A zona sul é onde abriga o maior número de restaurantes veganos da cidade. E como no centro e zona sul há mais opções, daremos preferência aos restaurantes 100% veganos e aos lugares turísticos, claro. Sabemos que na Zona Norte ainda não há um restaurante exclusivamente vegano, mas pedimos aos que conheçam opções na região, que compartilhe conosco nos comentários.

Segue abaixo a nossa lista pessoal dos 10 lugares de comida, diversão e arte no Rio! Aproveite, pois apesar dos problemas de administração, a cidade continua encantadora!

E para entrar no clima carioca, um pouco de bossa nova 😉


1. Feijoada do Vegan Vegan em Botafogo (Zona Sul).

A feijoada é o prato tradicional do Rio de Janeiro! E no Vegan Vegan, encontramos a melhor! O restaurante é a la carte e possui outros pratos, mas vale muito a pena experimentar a feijoada vegana de lá. Ela tem legumes, tofu defumado, salsicha de soja… Uma mistura deliciosa e que mantém o sabor tradicional, sem deixar a ética e a saúde de lado. O ambiente é tranquilo, pequeno e sofisticado na medida. Também tem um sorvete de gengibre muito gostoso e diferente, bem refrescante para os dias mais quentes.

A melhor feijoada do Rio! E vegana, claro!
A melhor feijoada do Rio! E vegana, claro!

Rua Voluntários da Pátria, 402: Botafogo

2. Passeio de pedalinho na Lagoa (Zona Sul).

Em casal ou com amigas e amigos, é sempre muito divertido fazer esse passeio e aproveitar a tranquilidade das águas no meião da Lagoa Rodrigo de Freitas e a belíssima vista ao redor. Há pedalinhos para até 6 pessoas de uma vez.

Pedalinho na Lagoa Rodrigo de Freitas Pedalinho na Lagoa Rodrigo de Freitas

3. Ótima comida e sorvete de tofu no Vegetariano Social Club no Leblon (Zona Sul).

A comida de lá é leve e bonita. Mas o destaque é o bolo com sorvete. Já imaginou um sorvete super cremoso e gostoso, e sem leite, sem nada de origem animal? É esse! Aliás, é o mais gostoso que já provamos desde antes do veganismo! E o restaurante abre para o jantar.

Vegetariano social club rio de janeiro vegan 4

R. Conde Bernadotte, 26 – Leblon

4. De tudo um pouco no Refeitório Orgânico em Botafogo (Zona Sul).

Se você está esfomeado e quer experimentar de tudo, você encontra no Refeitório Orgânico um buffet livre com cozinha brasileira e internacional. Vai de sushi a acarajé e tudo muito bem temperado! Tudo vegano!!! Paraíso! O lugar é bem rústico e bonito. Mais amplo que os demais restaurantes veganos da cidade, mas costuma encher.

refeitorio organicoO rústico, zen, mas cheio Refeitório Orgânico.

R 19 De Fevereiro, 120 – Botafogo

5.  Abrir os braços para o Rio com o Cristo Redentor, em Cosme Velho (Zona Norte).

Esse é básico! Todo turista vai, e todo carioca deveria ir pelo menos uma vez na vida! Uma das sete maravilhas do mundo, é uma escultura suntuosa, mas o que mais se curte lá é a belíssima e quase completa vista da cidade. Ele está no morro do Corcovado, em meio a Floresta da Tijuca, que foi reflorestada na época de Dom Pedro II, pois seu desmatamento para plantio de café resultou em falta de água para a cidade. Olha aí!

312482_10151276260239011_2041861043_n

6. Dona Vegana (Centro).

O lugar é novo, tem um bom espaço, ótima localização no centro da cidade, e buffet com pratos gostosos, internacionais e típicos brasileiros. O diferencial é que o lugar não é natureba e/ou indiano como costumam ser os restaurantes veganos no Rio,e tem sorvetes, tortas, docinhos, salgados… estilo uma lanchonete/padaria. Bem legal! Muito bom ter um lugar assim TODO VEGANO!!! E tem também o açaí, típico do Brasil. Melhor que qualquer sorvete! Ah, o lugar costuma abrir espaço para ações de ativistas também, como exposição de fotos, confraternizações, almoço beneficente…. bem legal!

Av. Marechal Floriano, 13 – Centro.

7. Teatro Municipal (Centro).

Para quem pensa que precisa de grana e muita sofisticação para aproveitar o Teatro Municipal do Rio, está enganado! Há sempre espetáculos de dança em cartaz, com valores bem diversos. O Teatro Municipal tem mais de 100 anos e passou recentemente por uma reforma que descobriu, por exemplo, que as águias de aço ao invés de serem pretas, eram originalmente douradas, voltando a sua cor anterior! Ele está ainda mais lindo!

O Quebra Nozes no Teatro Municipal.
O Quebra Nozes no Teatro Municipal.

8. De tudo um pouco no Tempeh (Centro).

O Tempeh é muito parecido com o Refeitório Orgânico, com a diferença que você pode optar pelo buffet livre ou pagar por peso. Ele está localizado em uma sobreloja no Centro da Cidade, entre o CCBB e a Praça XV. Os doces também são ótimos, e tem sempre um chá disponível para depois das refeições.

tempeh vegan rio de janeiro

Rua 1º de Março, 24 Sobreloja – Centro

9. Jardim Botânico (Zona Sul).

Ah, o Jardim Botânico! Cenário de novelas e estudos científicos! Ótimo passeio para se tranquilizar, olhar pássaros livres, aproveitar a sombra de árvores centenárias e se refrescar em bebedouros e chafarizes monumentais.

jardim b
Jardim Botânico

10. Show no Circo Voador na Lapa (Centro).

O Circo Voador é um lugar com significado muito forte para o Rock brasileiro e a cultura carioca! Foi berço de bandas como Barão Vermelho com o Cazuza, desde o inicio da década de  80. Em 1996 foi fechado e reaberto em grande estilo em 2004, com grande mobilização cultural. Além de shows, o local tem cursos e projetos sociais. Já curtimos cantores mais renomados como Nando Reis e Geraldo Azevedo até belas novas canções do Cïcero e Letuce. É muito diversificado e não poderíamos deixar de indicar esse lugar tão especial para nós.

Aproveite e conheça um pouco do Cícero:
Se quiser ouvir o álbum completo, baixe no site dele! Tá liberado para quem quiser: http://www.cicero.net.br/

E para chegar com tudo no Circo Voador nada melhor do que um “esquenta” na área da capoeirista Madame Satã. Tem para todos os gostos, desde bares, sinucas, gafieira, pub irlandês ou bar mexicano.

Outros lugares que valem a pena passar: Parque Lage, Mosteiro de São Bento, Igreja da Candelária, Bondinho da Urca, pôr do sol na praia do Arpoador, passeio de troller na Quinta da Boa Vista com visita ao Museu Nacional cheio de dinossauros e múmias,… O prédio do Museu Nacional foi residência da família imperial até 1889.

E você, tem lugares para indicar no Rio de Janeiro, e que não exploram animais? Escreva nos comentários! 🙂 
Vejam também o último post sobre o Rio de Janeiro, falando da nossa zona oeste! Clique AQUI.

EXTRA:

– Rio Vegano (NOVO! zona sul)

Ainda não conseguimos ir. Ficamos felizes de ver mais um estabelecimento 100% vegano no Rio. Tem cardápio no site. Fica na Rua Barata Ribeiro, 806 – Copacabana.

– Rio Vegetariano no Cobal Humaita (Zona Sul).

Ainda não conhecemos. No entanto, há quem o tenha como predileto no Rio. Estamos há um tempo esperando a oportunidade de apreciar a culinária e ambiente badalado de lá. Está na nossa lista para 2013. Rua Voluntários da Pátria, 448 – loja 83/84 Cobal – Botafogo

– Spazziano (zona sul)

Também estamos pra conhecer. O restaurante veganizou. Ambiente mais sofisticado e raw food (crudívora). Rua prudente de Morais, 729 sobreloja – Ipanema.

– Vegano Delivery (Centro)

Esse pode ser legal pedir quando não quiser sair do hotel. Os pratos são lindos e brasileiríssimos. http://veganodelivery.com.br/

Anúncios

7 comentários sobre “Cariocas são bacanas… Veganismo no Rio.

  1. Oi Dani, eu e meu marido seguimos muitas dicas suas ao visitar o Rio de Janeiro, esta semana. Gostamos muito do Vegan Vegan, mas feijoada não havia no cardápio, fomos durante a semana, pode ter sido isso, mesmo assim gostamos. Gostamos também do Social Clube, o melhor na nossa opinião, fomos duas vezes! Mas o sorvete de tofu também não tinha, provamos sorvete de gengibre, perfeito! Também conhecemos o The Fifties, amamos, fazia uns 6 anos que não comiamos hamburguer em grades redes, pois aqui não há opção. Só o Refeitório Orgânico que não gostamos, estava muuuuito bagunçado. Fora estas dicas, fomos ao Biocarioca, pois quando chegamos era feriado e os outros estavam fechados, mas foi o pior! Que estranho achamos, lá o sal e o açúcar são mais combatidos que a exploração animal rsrsrsrs! Fomos também ao Bardana no centro, esse achamos médio. Tipo comida do dia a dia, mas valeu.
    Venham conhecer Balneário Camboriú, aposto que vocês conhecerão o melhor vegano do Brasil: Harmonia da Terra. Muito obrigada pelas dicas. Bjos

    • Oi
      O Vegan Vegan tem um cardápio que segue as estações do ano, vc pode ver no site (http://www.veganvegan.com.br/) eu sempre vou lá. A feijoada é as quartas e sábados e é muito gostosa realmente. Eu amo as sopinhas!!!!
      Na cobal de Botafogo também tem um no estilo do Vegan Vegan e é muito bom!!!

  2. Olá! Ótimas dicas, parabéns pelo blog! Senti falta de três restaurantes: o Vegana Chácara, em Botafogo e o Reino Vegetal, no Centro, ambos veganos e maravilhosos. E o Gouranga, também no centro, é recente, muito charmoso, indiano como o Govinda. Estes dois não são veganos, e o staff do Gouranga ainda não está muito informado sobre quais pratos são realmente veganos, já passei aperto lá.

  3. Vocês já conhecem o Prana Vegetariano? Faz dobradinha com a visita do Cristo pois fica bem na pracinha do trem do Corcovado. Pequenininho, charmoso, staff 10 e comida 20! Todos os dias tem um prato Vegano. Eles entregam em quase todos os bairros do rio também.

    E tem o .Org, vegetariano na Barra, mega delicia, super chef e charmosissimo.

    Ah, tem o Pomar Organico na Barra que eh maravilhoso, comida mil, lugar lindo, com um café da manha sem palavras e em conta. Almoço e jantar já tem um preço maior.

    Finalmente tem o Atelie no Jardim, ainda não conheço, eles tem brunch nos finais de semana, jantares sob reserva, esse vai ser o próximo lugar pra visitar.

  4. Muito bom! O Refeitório Orgânico é meu restaurante favorito do Rio (só perde para o chinês Vegan em Petrópolis que conheci através de vocês), pena que moro tão longe (ou então que bom senão ficaria pobre comendo direto lá uhahahuuhahuahua)…

    Tem um restaurante ovolacto, com opções veganas, que acho que merece um respeito pela história dele (foi o primeiro restaurante vegetariano do RJ se não for do Brasil) e lembra um pouco o Dona Vegana… É o Vegecoop (ele era uma cooperativa, mas parece que deixou de ser), que agora eles só chamam de “Restaurante Natural” funciona na Rua da Carioca quase de frente pro Cine Íris. Se algum Vegan trabalhar por aquela área e estiver com pressa vale mais a pena do que se ferrar em restaurantes onívoros quase sem opções veganas… Falando em restaurantes com opções vegan, é interessante como várias redes onívoras do RJ estão colocando opções vegans no cardápio: Balada Mix, The Fifties, Seletti, …

    Ahh sim, sobre os restaurantes vegans que fui eu faria o ranking assim:

    1º Refeitório Orgânico
    2º Tempeh (ouvi falar que ele e o Refeitório são ou já foram dos mesmos donos, mas não sei se é verdade) segue muito o estilo do outro, mas o Refeitório Orgânico tem uma variedade bem maior e pessoalmente ainda gosto mais…
    3º Dona Vegana (Muito bom, mas eu gosto de experimentar comidas “diferentes” em restaurantes e lá a comida é bem no estilo comum, difere pouco de qualquer self onívoro só que é vegan… Ainda não consegui provar a parte de lanches deles)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s